92025688_2798380430256907_3227759444402110464_n-e1632157284680

Cantor de forró é morto durante show em Cachoeiro

Um cantor de forró, de 39 anos, foi assassinado enquanto fazia uma apresentação, em um bar no bairro Monte Belo, em Cachoeiro de Itapemirim, na noite deste sábado (18).

De acordo com o depoimento de testemunhas à polícia, o suspeito, de 21 anos, que já foi identificado, chegou ao estabelecimento armado e disparou uma vez contra as costas de Edivandro Cipriano.

O músico chegou a ser socorrido pelo Samu e levado à Santa Casa de Misericórdia, mas morreu pouco depois de dar entrada na unidade.

Morto por engano

Amigos e conhecidos de Edivandro afirmaram que ele teria sido morto por engano, e que o suspeito do crime teria confundido o cantor com um desafeto.

No entanto, o chefe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Felipe Vivas, não confirmou a versão e disse que o caso está em apuração, e, por isso, não poderia passar outros detalhes.

Quem tiver informações que ajude a polícia a prender o suspeito do crime pode denunciar por meio do 181, não é preciso se identificar.

content_c73768a5-e130-4611-8439-2691c4dcd12b

Governo zera imposto de remédio para câncer

O governo federal zerou o Imposto de importação para cinco produtos, entre eles um remédio para tratamento de câncer e dispositivos para uso de pessoas com deficiência. A medida foi aprovada na quarta-feira (15) pelo Comitê Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) do Ministério da Economia.

O presidente Jair Bolsonaro destacou a decisão do governo, em publicação nas redes sociais.

O medicamento atezolizumabe foi incluído na Lista Brasileira de Exceções à Tarifa Externa Comum (Letec) com redução de 2% para 0 na alíquota de importação. Trata-se de um anticorpo monoclonal indicado para o tratamento de câncer metástico. A medida também incluiu três tipos de próteses endoesqueléticas transfemurais – em titânio, fibra de carbono ou alumínio – e todas tiveram redução de alíquotas de 4% para zero.

Além disso, foi reduzida a taxa de importação, de 12% para 0 para dois tipos de teclados especiais para computadores: o alternativo e programável e o teclado especial com possibilidade de reversão de função mouse/teclado. As máscaras de teclado e os softwares de teclado virtual com dispositivo de varredura, apresentados em forma de memory cards, também tiveram suas alíquotas reduzidas a 0 de um patamar vigente de 8% e 2%, respectivamente.

No caso dos teclados e dos softwares, o instrumento de redução tarifária utilizado foi a Lista de Bens de Informática e Telecomunicações (Lebit). Todos eles são dispositivos de tecnologia assistiva para pessoas com deficiência.

content_64149089-cfd5-4925-92c4-dcd81c8b2ebf

Alta da gasolina: quais são os fatores responsáveis pelo aumento do preço?

Com o dólar em alta e a valorização do petróleo, controlar o aumento do preço da gasolina não é uma missão fácil. Com a queda do poder de compra do brasileiro, essa alta pesa ainda mais no orçamento.

Em média, o litro da gasolina está custando R$ 6,05 no Brasil. Se compararmos com o mercado externo, é quase igual à média mundial, que é de R$ 6,24.

Entretanto, a maioria dos países com combustível mais caro que, tem também salários mais altos, moeda valorizada e menos taxação de impostos.

Segundo o presidente do Sincopetro-SP (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo), José Alberto Paiva Gouveia, os altos impostos são os principais responsáveis pelos altos preços no Brasil. “Nós temos PIS/Cofins, Cide e ICMS, que levam quase 45% do preço que o consumidor paga na bomba, então praticamente 50% são impostos”, explica.

Outro problema, de acordo com Gouveia, é a alta no preço do etanol anidro, misturado à gasolina, com um percentual de 27%.

Com a alta do dólar e da inflação em geral, o poder de compra fica cada vez menor. Hoje, com um salário mínimo (R$ 1,1 mil), o brasileiro consegue encher até três vezes um tanque de 50 litros e não sobra dinheiro para quase nada.

No Chile, onde a gasolina é mais cara que no Brasil (R$ 6,34 o litro), o motorista consegue encher o tanque ao menos sete vezes com o salário mínimo. No Japão, o litro do combustível sai por R$ 7,32, mas o salário mínimo é suficiente para encher o tanque ao menos vinte vezes no mês.

Apesar de o Brasil produzir petróleo, a Petrobras também compra combustível no mercado externo e, com isso, fica refém do preço cobrado em dólar.

Paulo Roberto Feldmann, professor de economia da FEA-USP (A Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da Universidade de São Paulo), explica que, antes da pandemia da Covid-19, o barril de petróleo era vendido por cerca de US$ 20 e agora o valor pulou para aproximadamente US$ 80. Com a alta do dólar, o Brasil acaba pagando ainda mais caro.

Feldmann também conta que o preço do petróleo é definido na bolsa de valores de Chicago, nos Estados Unidos, que reúne os principais produtores, como Rússia, Venezuela e países árabes.

Mesmo sem ter o maior faturamento ou ser a maior produtora, a Petrobras foi a que mais lucrou entre as grandes do setor no mundo, com US$ 8,1 bilhões no segundo trimestre de 2021. Na sequência vem a norte-americana Shell, com US$ 5,5 bilhões e meio de dólares de lucro, mesmo tendo faturamento três vezes maior que a brasileira.

Para um futuro distante há previsões de mudança. A tendência Europeia de usar carros elétricos pode diminuir o poder das nações produtoras de petróleo e, consequentemente, reduzir o valor do barril, segundo a avaliação do professor de economia da USP.

Fonte: Band.
virus-covid-19-com-mutacao-em-uma-nova-cepa-ilustracao-3d_339569-167

Variante Delta tem aumento de incidência no Espírito Santo, diz secretário

A incidência da variante Delta, considerada mais transmissível que as demais cepas do novo coronavírus, aumentou no Espírito Santo, segundo informações do secretário de Saúde do Espírito Santo, Nésio Fernandes. Isso não significa, contudo, que a variante é a predominante no Estado. As informações foram repassadas em coletiva na tarde desta segunda-feira (20).

“Das 133 amostras enviadas entre julho e agosto à Fiocruz pelo Laboratório Central (Lacen-ES), 70% delas tiveram a confirmação da variante Delta. Isso não significa, no entanto, que essa é a estatística na população em geral, já que há critérios para envio das amostras, principalmente na investigação das mortes no Estado. Mas elas permitem notar um aumento na participação da cepa na transmissão comunitária, ou seja, um crescimento importante da Delta no Espírito Santo”, ressaltou Fernandes, explicando que, a partir de outubro, o exame de variante será feito no Espírito Santo e o resultado será mais rápido, de uma semana para outra.

O secretário alertou, também, para o aumento no número de internações nas UTIs Covid na rede pública do Sul do Espírito Santo. “A região apresenta aumento das internações sustentadas com ocupação de 86% nas UTIs. É um crescimento mais marcado do que nas demais regiões”, avalia.

Nésio Fernandes falou, ainda, sobre a importância de vacinação de adolescentes e a expectativa de liberação do imunizante para crianças entre 3 e 11 anos. “Para alcançarmos os 90% de cobertura, teremos de vacinar adultos e adolescentes, além de liberar a vacina para crianças. A expectativa é de que, até o final do ano, a Anvisa autorize as vacinas da Pfizer e Coronavac para idade pediátrica, permitindo que o país consiga avançar na cobertura satisfatória para contenção do vírus”, disse, afirmando que o Estado vai alcançar a imunização de 100% da população com 12 anos ou mais, com comorbidades, ainda esta semana, e a previsão é alcançar 100% da população jovem e adolescente, com a primeira dose, em outubro.

Já para os idosos, segundo Fernandes, a dose de reforço não poderá ser antecipada. “Adotamos um prazo de cinco meses. Para concluir esse grupo antes de novembro, seria preciso quatro meses. Por enquanto, não há doses disponíveis, portanto, possivelmente vamos concluir os idosos no início de novembro”.

content_9221a321-caae-4493-9455-de1488135427

Rifa da Fazendinha: Quase 15 mil bilhetes do concurso anunciado durante sessão parlamentar já foram vendidos

O sucesso foi tanto que até pessoas de fora do país quiseram colaborar com a ação. Houve registros de venda para a Itália e os Estados Unidos.

Elisabeth é professora há 25 anos na Escola Básica Municipal Bairro Bortolotto, e decidiu usar a bancada para promover a ação e ajudar a arrecadar verba para a festa de Dia das Crianças da escola. A temática da premiação é “Fazendinha”, e os prêmios foram doações de moradores de Nova Veneza.

O número de bilhetes vendidos já iguala a população do município, que fica a mais de 220 quilômetros da capital catarinense.

O sucesso foi tanto que até pessoas de fora do país quiseram colaborar com a ação. Houve registros de venda para a Itália e os Estados Unidos.

Elisabeth é professora há 25 anos na Escola Básica Municipal Bairro Bortolotto, e decidiu usar a bancada para promover a ação e ajudar a arrecadar verba para a festa de Dia das Crianças da escola. A temática da premiação é “Fazendinha”, e os prêmios foram doações de moradores de Nova Veneza.

O número de bilhetes vendidos já iguala a população do município, que fica a mais de 220 quilômetros da capital catarinense.

Fonte: Band.
content_4d22af0c-0779-47ae-b79f-91ef5c96ba2d

Distribuidoras de energia ganham adiamento de impostos até dezembro

Uma medida provisória editada pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (2) estabelece o adiamento dos prazos para que as empresas distribuidoras de energia elétrica paguem tributos federais. A prorrogação vale para o pagamento da Contribuição para o PIS/PASEP, da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) e das contribuições previdenciárias referente às competências de agosto, setembro e outubro de 2021, que passam a ser recolhidas apenas em dezembro deste ano.

“A medida é justificada em razão da longa estiagem vivenciada pelo país, registrando, inclusive, a pior série hidrológica dos últimos 91 anos. A estiagem pressionou as distribuidoras de energia elétrica com o aumento do custo da geração de energia elétrica, com o acionamento de termelétricas e a importação de outros países, com a finalidade de atender a demanda interna”, informou a Presidência da República, em nota.

Segundo o governo, a proposta não implica em renúncia de receitas para a União, por se tratar de uma prorrogação, e com pagamento previsto ainda dentro do exercício financeiro de 2021.

content_23abf6e3-db73-4d0e-9ec7-9e9d5359b718

Com altas nos preços, conteúdos sobre como economizar bombam na internet

Com as altas nos preços da conta de luz, combustíveis e alimentos, brasileiros buscam cada vez mais economizar. E um caminho encontrado para tentar gastar menos no fim do mês está em conteúdos publicados nas redes sociais.

Marco Souto, especialista em eficiência energética, faz sucesso nas redes sociais. Alguns vídeos dele têm mais de um milhão de visualizações.

Um dos conteúdos mais acessados do morador de Cotia, na Região Metropolitana de São Paulo, tem poucos segundos. Ele explica por que o ar-condicionado pode gastar menos energia que o ventilador de teto.

Marco conta que é contatado pelos seguidores, que relatam que estão pagando menos na conta de luz. “Baixar mais de 50% na conta de energia de uma pessoa é muita coisa. É legal esse retorno, é disso que eu gosto”, diz.

Já o economista Presley Vasconcellos já conquistou 12 mil seguidores e fala a língua do público, descontraindo e fazendo vídeos acessíveis. “Essa foi minha motivação principal, fazer que ficasse da maneira mais popular possível, mais fácil possível para aquela pessoa que não entende nada”, explica.

content_a894dd52-4994-4f29-8466-696b7f085c65

Após acordo, Câmara aprova o texto-base da reforma do Imposto de Renda

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (01) o texto-base que altera regras do Imposto de Renda.

Pelo projeto, os lucros e dividendos distribuídos aos acionistas passam a ser taxados em 20%, a título de Imposto de Renda na Fonte.

As mudanças não incluem os Fundos de Investimento em Ações.

O texto também inclui uma redução no Imposto de Renda da Pessoa Jurídica, que passa de 15 para 8%.

Os parlamentares ainda vão analisar nesta quinta-feira (02) os destaques, que podem mudar regras da proposta.

Fonte: Band.
content_aea38ba7-3916-4812-ade5-521e099045b6

Senado rejeita MP com regras mais flexíveis inclusas em minirreforma trabalhista

O texto criava, por exemplo, uma nova modalidade de trabalho para jovens, sem carteira assinada.

O projeto inicialmente tratava apenas da prorrogação do programa de redução da jornada e salários durante a pandemia, mas a Câmara adicionou outros pontos voltados ao primeiro emprego e a qualificação profissional de jovens e adultos.

O senador Lasier Martins (Podemos-RS) disse que o texto principal foi descaracterizado a partir das alterações feitas na Câmara, que ele chamou de “jabutis”.

O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, criticou a derrubada do projeto.

“Eles fecharam a porta diante de mais de 2 milhões de trabalhadores brasileiros. Jovens de 18 a 29 anos. Homens e mulheres com mais de 50 anos que buscam uma segunda chance, uma nova oportunidade. Programas que trabalhavam com a simplificação das regras para simplificação das regras para a contratação e programas que trabalhavam com qualificação. Foi lamentável o que aconteceu”, disse.

content_ce6c1640-47dc-407d-88b2-239d27e8940d

Brasileiros cruzam fronteira em busca de gasolina mais barata no Paraguai

No Paraguai, a gasolina está bem mais barata do que no Brasil. Com isso, muita gente atravessando a fronteira para abastecer.

Com o aumento dos combustíveis, os motoristas em Foz do Iguaçu (PR) estão atravessando a Ponte da Amizade para abastecer. No país vizinho, tem gasolina sendo vendida com preço mais em conta que o etanol brasileiro.

Para encher um tanque de 45 litros, é necessário desembolsar mais R$ 272,25. Nem se optar pelo etanol, a conta não tem fechado. Custado cerca de R$ 6,05 o litro, a gasolina da cidade paranaense está longe de ser uma das mais caras do país – em alguns estados, o valor do combustível bateu os R$ 7.

Enquanto no Brasil os preços estão em torno de R$ 6 litro, No Paraguai, em Cidade do Leste, é possível abastecer por R$ 4,40 o litro. Em um posto com gasolina fabricada no Brasil, o litro sair por R$ 5.

Para sair com o tanque completo no Paraguai, são R$ 225 – economia de R$ 47. Fica difícil não cruzar a fronteira.

 

Fonte: Band.