SP confirma 3º caso de infectado com variante ômicron no Brasil

A Secretaria de Saúde do estado de São Paulo confirmou, nesta quarta-feira (1º), o terceiro caso de uma pessoa infectada com a variante ômicron da Covid-19 no Brasil. O diagnóstico foi dado a passageiro que veio da Etiópia e desembarcou no aeroporto de Guarulhos no último sábado (25), quando testou positivo para Covid-19.

A amostra foi sequenciada geneticamente pelo Instituto Adolfo Lutz.

O homem de 29 anos foi testado no aeroporto, ao desembarcar no país, e não apresentava sintomas. Ele foi imunizado com as duas doses da vacina Pfizer.

Em isolamento domiciliar desde a testagem, o paciente, que mora em Guarulhos, está assintomático e sendo acompanhado pela vigilância do município de Guarulhos, local que reside.

Primeiros casos no Brasil

Os dois primeiros caso da variante Ômicron foram confirmados na tarde da última terça (30), também em São Paulo. São eles: um homem de 41 anos e uma mulher de 37 anos.

Inicialmente houve uma confusão sobre essa informação porque o casal não tinha registros de vacinação no Brasil. Mas agora foi explicado que, tanto o homem de 41 anos, quanto a mulher de 37 já tinham completado a imunização na África do Sul com a dose única da Janssen.

O casal, que reside na África do Sul, chegou ao Brasil a passeio no dia 23 de novembro e testou positivo pra covid-19 no dia 25, quando retornariam.

Atualmente, eles estão assintomáticos e em isolamento na zona leste da capital paulista, onde são monitorados por equipes de saúde da Prefeitura.

Mais dois casos suspeitos de infecção pela nova variante estão sob investigação no Brasil: um em Belo Horizonte e mais um em Brasília.

Com o fechamento de fronteiras brasileiras para voos com passagens por seis países africanos, quase 300 brasileiros estão retidos no continente. O Ministério das Relações Exteriores diz que acompanha todos os casos.

“É importante salientar que o comportamento de um vírus pode ser diferente em locais distintos em virtude de fatores demográficos e climáticos, por exemplo. Aproveitamos para reforçar a importância da vacinação, principalmente aquelas 3,9 milhões de pessoas que ainda não tomaram a sua segunda dose, pois somente desta forma estarão totalmente protegidas”, destaca o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

 

Fonte: Band.
content_b8a80cc3-0993-403f-a765-d15e864c956f

França registra maior número diário de casos de covid-19 desde abril

A França registrou 47,17 mil novos casos confirmados de covid-19 nas últimas 24 horas, mostraram dados do Ministério da Saúde do país nessa terça-feira (30). É o maior número de casos registrado em apenas um dia desde o início de abril, no auge da terceira onda da pandemia. 

Os últimos dados colocam o total acumulado de casos na França, desde o início da pandemia, em 7,67 milhões e a média móvel semanal de novas infecções pelo coronavírus, acima de 32 mil.

Durante a terceira onda europeia, na primavera do Hemisfério Norte, a média semanal cresceu para pouco mais de 42 mil. No dia 8 de abril, a França registrou quase 85 mil infecções.

Autoridades dizem que a grande maioria de pacientes de covid-19 em hospitais não foi vacinada. Cerca de 75% da população francesa está totalmente vacinada.

O Ministério da Saúde também informou que o número de pessoas infectadas pelo coronavírus em hospitais franceses cresceu em 389, para 10,24 mil na terça-feira. É a primeira vez que o número de pacientes fica acima de 10 mil desde o dia 12 de setembro.

O número de pacientes com covid-19 em unidades de tratamento intensivo continuou crescendo com frequência e aumentou 75, para 1.824, um aumento de 25% em apenas uma semana.

O número acumulado de mortos desde o início da pandemia em 2020 estava em 119 mil pessoas na última segunda-feira.

nascidos-em-janeiro-e-fevereiro-comecam-a-receber-abono-salarial-1

Professores da rede municipal de Iúna recebem R$ 16 mil de abono salarial

Os professores do município de Iúna receberam, no último fim de semana, um abono salarial. No total, foram pagos mais de R$ 2 milhões aos professores efetivos e DT´s.

De acordo com a secretária Municipal de Educação, Cultura e Esporte, Edna Fonseca, o abono salarial foi aprovado no dia 18 de novembro, e terá apenas uma parcela de R$ 8.400,00 para os professores de um contrato, e R$ 16.800,00 para os professores de dois contratos.

Já os profissionais da educação que são contratados temporariamente, os DT’s, receberam por mês trabalhado.

Ainda de acordo com a secretária, o abono foi pago com o recurso do Fundo e Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), e a maioria dos profissionais já receberam o valor.

Fonte: Aquinotícias

content_01cc4155-3600-42d6-b9fd-baa5092e142f

Exames preliminares confirmam 2 casos da variante ômicron da covid no Brasil

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) confirmou nesta terça-feira (30) que exames preliminares identificaram os dois primeiros casos da variante ômicron do coronavírus no Brasil.

A agência sanitária disse que um brasileiro que veio da África do Sul e desembarcou em Guarulhos no dia 23 de novembro testou positivo para Covid-19 e, após análises laboratoriais, foi confirmada a infecção pela nova cepa. A esposa dele também testou positivo para a nova variante.

A primeira testagem da cepa foi realizada pelo laboratório Albert Einstein, que confirmou a detecção da nova cepa ômicron. Em nota, a Anvisa afirmou que “de acordo com os protocolos nacionais, o material deve ser enviado ao Instituto Adolfo Lutz (IAL) para fins de confirmação do sequenciamento genético.”

Em nota, a Anvisa destacou que a entrada do passageiro no Brasil ocorreu no dia 23/11, ou seja, antes da notificação mundial sobre a identificação da nova variante. Ela foi relatada pela primeira vez à Organização Mundial de Saúde (OMS) pela África do Sul no dia 24 de novembro.

A infecção pela nova variante foi identificada quando o homem esteve no laboratório do aeroporto de Guarulhos, em 25 de novembro, para fazer um novo teste RT-PCR, acompanhado da esposa, para voltar para a África do Sul. “Ambos testaram positivo para a Covid-19 e o fato foi comunicado ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) de São Paulo”, diz a nota.

A Anvisa confirma também que a entrada do brasileiro em território nacional ocorreu antes de o país fechar as fronteiras aéreas, em caráter temporário, para voos que tenham origem ou passagem pela África do Sul.

Fonte: Band.
img_5117

Com caminhões compactadores quebrados, coleta de lixo em Ibatiba é prejudicada

De uma só vez os dois caminhões compactadores de lixo que realizam a coleta em Ibatiba quebraram e prejudicou o serviço na cidade.

A coleta está sendo realizada por um caminhão caçamba que não é o ideal para o trabalho.

Nossa reportagem recebeu informações sobre acumulo de lixo em alguns pontos da cidade.

 

Por nota a prefeitura respondeu o seguinte: “Conforme a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Cultura e Turismo, os dois caminhões compactadores quebraram e estão sendo consertados. Por isso, a coleta está sendo feito com o caminhão caçamba, o que está atrasando o serviço, não sendo possível atender a todos os bairros dentro dos horários estipulados. A Prefeitura já está providenciando a licitação do aluguel de caminhões compactadores, de forma emergencial, o que deve ser concretizado ainda no início de dezembro”.

content_7d72584f-9e51-46ca-acad-f8915e6a190a

Pix: modalidades saque e troco já estão disponíveis; veja como funcionam

A partir desta segunda-feira (29) passam a valer duas novas modalidades do Pix: Saque e Troco. Os usuários poderão fazer saques em locais como padarias, lojas de departamento e supermercados, não apenas em caixas eletrônicos.

Segundo o Banco Central (BC), a oferta dos dois novos produtos da ferramenta aos usuários é opcional, cabendo a decisão final aos estabelecimentos comerciais, às empresas proprietárias de redes de autoatendimento e às instituições financeiras.

Pix Saque
O Pix Saque permitirá que os clientes de qualquer instituição participante do sistema realizem saque em um dos pontos que ofertar o serviço.

Estabelecimentos comerciais, redes de caixas eletrônicos compartilhados e participantes do Pix, por meio de seus serviços de autoatendimento próprios, poderão ofertar o serviço. Para ter acesso aos recursos em espécie, o cliente fará um Pix para o agente de saque, em dinâmica similar à de um Pix normal, a partir da leitura de um QR Code ou do aplicativo do prestador do serviço.

Pix Troco
No Pix Troco, a dinâmica é praticamente idêntica. A diferença é que o saque de recursos em espécie pode ser feito durante o pagamento de uma compra ao estabelecimento. Nesse caso, o Pix é feito pelo valor total, ou seja, da compra mais o saque. No extrato do cliente aparecerá o valor correspondente ao saque e à compra.

Limite
O limite máximo das transações do Pix Saque e do Pix Troco será de R$ 500 durante o dia, e de R$ 100 no período noturno (das 20h às 6h). De acordo com o BC, haverá, no entanto, liberdade para que os ofertantes dos novos produtos do Pix trabalhem com limites inferiores a esses valores, caso considerem mais adequado aos seus fins.

Tarifas
De acordo com o BC, não haverá cobrança de tarifas para clientes pessoas naturais (pessoas físicas e microempreendedores individuais) por parte da instituição detentora da conta de depósitos ou da conta de pagamento pré-paga para a realização do Pix Saque ou do Pix Troco em até oito transações mensais. A partir da nona transação realizada por mês, as instituições financeiras ou de pagamentos detentoras da conta do usuário pagador podem cobrar uma tarifa pela transação.

O valor da tarifa cobrada é de livre estabelecimento pela instituição e deve ser informado ao usuário pagador antes da etapa de confirmação da transação. “Os usuários nunca poderão ser cobrados diretamente pelos agentes de saque”, destacou a instituição.

O BC explica ainda que os quatro saques tradicionais gratuitos realizados pelo usuário fora do âmbito do Pix Saque e Pix Troco podem ser descontados da franquia de gratuidades (8 por mês). Ou seja, se o usuário realizar um saque da sua conta, sem ser por meio do Pix Saque ou Pix Troco, esse saque poderá ser contabilizado e sua franquia de gratuidades poderá ser reduzida de oito para sete, a critério da instituição.

Para o comércio que disponibilizar o serviço, as operações do Pix Saque e do Pix Troco representarão o recebimento de uma tarifa que pode variar de R$ 0,25 a R$ 0,95 por transação, a depender da negociação com a sua instituição de relacionamento.

Fonte: Band.
content_4954a0fd-2652-4890-883f-9b2c836ff0e0

Ômicron causou sintomas leves, diz médica que ajudou a identificar a variante

A primeira médica sul-africana que identificou a nova variante ômicron do coronavírus disse que, até agora, os infectados têm demonstrado sintomas incomuns, mas moderados. Em entrevista ao jornal britânico The Telegraph, a especialista começou a observar pacientes com Covid-19 na África do Sul que apresentavam fadiga intensa e pulsação alta. Nenhum deles tinha perda de olfato ou paladar.

Angelique Coetzee, que preside a Associação Médica da África do Sul, ressaltou a preocupação com a possibilidade de a cepa causar complicações em idosos e não vacinados. Segundo o relato da médica, muitos de seus pacientes com teste positivo de Covid têm apresentado a fadiga intensa –cerca de metade deles sem vacinação.

“Os sintomas dos pacientes eram tão diferentes e tão leves daqueles que eu já tinha tratado antes”, disse Coetzee. Em 18 de novembro, quando ela atendeu quatro integrantes de uma mesma família que testaram positivo para Covid-19 e apresentavam exaustão extrema, ela informou ao comitê consultivo de vacinas do país.

“Tivemos um caso muito interessante, de uma criança de cerca de seis anos, com febre e pulsação muito alta, e me perguntei se deveria interná-la. Mas quando fiz o acompanhamento, dois dias depois, ela estava muito melhor ”, relatou a especialista.

A médica destacou que seus pacientes eram todos saudáveis e jovens, e alertou para a possibilidade de a nova variante ômicron provocar sintomas mais severos em pessoas idosas, com comorbidades como diabetes e doenças cardíacas.

“O que temos que nos preocupar agora é que, quando pessoas mais velhas e não vacinadas forem infectadas com a nova variante e se não forem vacinadas, veremos muitas delas com um quadro mais grave da doença”, afirmou.

Fonte: Band.
content_ec207438-14c7-4f80-ba3f-f8311e2bca0a

Brasileiro vindo da África testa positivo para Covid; não há confirmação da cepa

A Anvisa confirmou neste domingo (28) que um brasileiro com passagem pela África do Sul testou positivo para Covid-19 em seu desembarque no aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo. Em nota, a agência destacou que ainda não há confirmação de que o homem esteja infectado pela nova cepa do coronavírus, a ômicron.

O homem, que foi vacinado, está assintomático e foi colocado em em quarentena residencial. O passageiro veio em um voo da Ethiopian Airlines que desembarcou no país no sábado (27) e apresentou um teste PCR negativo para Covid realizado em, no máximo, 72 horas antes do embarque.

O homem fez um novo PCR no aeroporto de Cumbica, que testou positivo para infecção pelo coronavírus. A Anvisa foi notificada ainda na noite de sábado, e notificou as autoridades responsáveis na madrugada deste domingo.

“Após a identificação e testagem com resultado positivo para Covid-19, o paciente foi colocado em isolamento e já cumpre quarentena residencial. Os órgãos de saúde estadual e municipal passam a fazer o monitoramento do caso. O Ministério da Saúde acompanha o caso”, diz a nota da Anvisa.

A partir desta segunda-feira, o Brasil vai proibir a entrada de viajantes vindos de países da África por causa da nova variante do coronavírus, a ômicron. A medida que passa a valer na próxima segunda-feira (29) vai afetar os passageiros que chegam da África do Sul, Botsuana, Eswatini (antiga Suazilândia), Lesoto, Namíbia e Zimbábue. Veja a lista de países que já detectaram a nova cepa.

“Em que pese as restrições relacionadas aos viajantes provenientes desses países ainda não estarem em vigor, conforme a Portaria n. 660, de 2021, a Anvisa, desde a última sexta-feira, 26/11, ao identificar o risco de transmissão da nova variante Ômicron, já vem atuando para captação de eventuais riscos de sua disseminação no Brasil”, diz a nota.

Na noite de sábado, a Anvisa pediu também a restrição de voos de outros quatro países: Angola, Malaui, Moçambique e Zâmbia. O fechamento da fronteira aérea ainda não inclui as novas recomendações da agência.

 

Fonte: Band.
2021-07-02t180416z_1_lynxnpeh6111o_rtroptp_4_saude-covid-olimp-oms

OMS batiza nova cepa africana como Variante de Preocupação Omicron

A Organização Mundial da Saúde (OMS) batizou a nova variante do SARS-CoV-2 identificada no continente africano como Omicron e classificou a cepa como uma Variante de Preocupação. De acordo com a entidade, a decisão foi tomada por conta da grande quantidade de mutações apresentada pela variante, sendo que algumas delas apresentam “características preocupantes”.

“Neste momento, há muitos estudos em andamento e muito trabalha na África do Sul e em outros países para que se possa caracterizar melhor a variante em termos de transmissibilidade, severidade e qualquer tipo de impacto em medidas de combate, como o uso de kits diagnósticos, terapias e vacinas”, informou a líder técnica de resposta à covid-19 da OMS, Maria Van Kerkhove.

A classificação de Variante de Preocupação, de acordo com a entidade, exige importantes ações por parte dos governos, como o compartilhamento de sequências de genoma; a comunicação de casos e mutações; e a realização de investigações de campo e de análises laboratoriais para melhor compreender os impactos, a epidemiologia, a severidade e a efetividade de medidas de saúde pública.

“Essa nova Variante de Preocupação Omicron ressalta da necessidade de acelerar a equidade vacinal e de fazer imunizar contra a covid-19 profissionais de saúde, pessoas idosas e outros em risco e que ainda não receberam a primeira e a segunda dose”, destacou e OMS, por meio de sua conta no Twitter.

Edição: Paula Laboissière

content_bb55167c-9b1f-4d93-8c70-81806984c864

Décimo terceiro salário: quem tem direito, como calcular e quando deve ser pago?

Vem chegando o fim de ano e com ele, o décimo terceiro salário. Trata-se de um salário extra pago aos trabalhadores com carteira assinada que trabalharam 15 dias ou mais durante o ano.

O pagamento geralmente é feito em duas parcelas, mas pode mudar dependendo de acordos coletivos, por exemplo. A primeira parcela deve ser paga entre 1º de fevereiro e 30 de novembro. A segunda parcela deve ser paga até 20 de dezembro.

Quando o pagamento é feito em parcela única, ele deve ser feito até 30 de novembro. Há casos em que é possível receber a primeira parcela junto com as férias, mas isso deve ser acordado entre o empregado e a empresa onde trabalha.

O benefício é uma gratificação instituída pela lei nº 4.090 de 13 de Julho de 1962.

Quem tem direito ao décimo terceiro salário?
Todos que trabalham sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), seja na iniciativa privada ou pública. Aposentados e pensionistas também recebem o benefício, que neste ano foi pago em duas parcelas, em maio e junho.

Quem trabalha há menos de um ano na empresa, tem direito ao 13º salário proporcional, ou seja, recebe pela quantidade de meses trabalhados. Assim como aqueles que foram demitidos sem justa causa. Neste caso, o pagamento é feito na hora da rescisão. O empregado despedido com justa causa não tem direito ao 13º salário proporcional.

Aqueles que tiveram o contrato suspenso, não recebem o equivalente aos meses parados. Quem teve a jornada e salário reduzidos, deve receber o pagamento baseado no valor integral.

Funcionários afastados por doença ou licença maternidade também têm direito ao 13º salário. Mas no caso do afastamento por motivo de saúde que ultrapasse 15 dias, a responsabilidade pelo pagamento fica a cargo do INSS.

Como é feito o cálculo do décimo terceiro?
A cada mês trabalhado no ano, o empregado ganha o direito a receber 1/12 avos referente ao 13° salário. Isso é importante para saber se você receberá o valor integral ou proporcional.

Para efeito de cálculo, para o trabalhador receber por um mês de trabalho, ele tem que ter trabalhado pelo menos 15 dias daquele mês. Ou seja, se uma pessoa é contratada no dia 14 de maio, o mês de maio entra no cálculo. Por outro lado, se uma pessoa é contratada em 20 de maio, o mês de maio não entra no cálculo porque o empregado trabalhou menos de 15 dias naquele mês. Neste caso, o empregado receberá um 13º salário proporcional considerando sete meses de trabalho no ano.

A primeira parcela, paga em novembro, é o correspondente a 50% do salário bruto do mês de outubro. Para a segunda parcela, considera-se o valor bruto do mês de dezembro e desconta-se a primeira parcela, o INSS e o Imposto de Renda. O desconto dos encargos são feitos de acordo com as tabelas vigentes.

Caso o empregado não tenha um salário fixo, que dependa de comissões, por exemplo, o valor base será a média anual.

Horas extras e adicionais devem entrar nos cálculos do valor bruto. Valores pagos de vale refeição, vale transporte e o PLR não devem ser incluídos.

Exemplo de cálculo para um salário de R$ 3.000,00:

3.000 (valor bruto) / 12 (meses no ano) = 250,00
250 * 12 (meses trabalhados no ano) = 3.000,00
3.000 / 2 (duas parcelas) = 1.500,00

Neste exemplo, o valor da primeira parcela será de R$ 1.500.

Para a segunda parcela, considerando que não houve mudança no salário, o valor será obtido descontando do valor bruto a primeira parcela já paga, o INSS e Imposto de Renda, por isso a segunda parcela costuma ser menor que a primeira.

Fonte: Band.