content_46f0c015-16c6-4488-a3b3-17f44f87e25b

Tiago Abravanel critica fala homofóbica de sua tia Patricia

Tiago Abravanel usou seu perfil no Instagram para criticar o discurso homofóbico que sua tia, Patricia Abravanel fez durante o programa “Vem Pra Cá”, do SBT.

A apresentadora defendeu maior compreensão dos gays a pessoas que ela chamou de “conservadoras” e debochou da sigla LGBTQ+. O assunto veio à tona quando a filha de Silvio Santos deu a sua opinião sobre as críticas que Rafa Kaliman e Caio Castro receberam por compartilhar um vídeo de um religioso falando sobre relações homossexuais.

“Vamos falar sobre um assunto delicado. Hoje, minha tia, a Patrícia Abravanel, fez um comentário no programa que me pegou de um jeito que não foi legal. O comentário que ela fez foi em cima de um ocorrido com a Rafa Kalimann e o Caio Castro anteontem. Eles postaram um vídeo de um pastor falando que não concordava com o casamento gay, mas que respeitava. Isso gerou algumas retratações deles e aí, a Patrícia e o Gabriel Cartolano comentaram”, disse Tiago sobre os apresentadores do Vem Pra Cá.

“Resolvi fazer esse vídeo porque acho que, assim como ela falou ao vivo o que ela pensa, acho que também preciso falar o que penso aqui nas minhas redes. Tentar falar para você, tia, como eu me senti assistindo, tá? acho que, em primeiro lugar, orientação sexual não é uma questão de opinião. É uma questão de respeito. Você não precisa ser como eu, mas precisa respeitar quem eu sou e ponto final”, falou o artista, se dirigindo a Patrícia.

“Opinar, você opina se uma roupa é bonita ou feia para você. Se você quer café ou chá ou se você gosta de doce ou salgado. A orientação sexual não é da opinião de ninguém. A não ser da pessoa que escolheu ser aquilo que ela é. Escolheu não. Ela nasceu assim, então, não é uma questão de opinião. Ponto. Quando se opina em relação a isso é um ato homofóbico”, pontuou ele.

“A partir do momento que você vai pra TV e fala o que você bem entende, você é responsável por aquilo. Não dá pra passar a mão na cabeça. Se você tem vontade de saber, procure saber, vai atrás. Essa responsabilidade é sua. Me preocupa ver o Cartolano tentar te explicar e eu sentir, pode ser uma impressão minha, mas eu senti que não houve uma atenção de fato ao que ele estava falando. Se você quer saber, procure saber”, finalizou Tiago.

Fonte: Fabíola Nishi.