Prefeitura protocola representação no Ministério Público sobre andarilhos vindo de Minas Gerais

A Prefeitura de Ibatiba protocolou representação e notícia de fato junto ao Ministério Público – Comarcas de Ibatiba e Manhumirim (MG), pedindo apurações sobre o possível caso de ‘translado’ de andarilhos ou moradores de rua, do município de Martins Soares (MG), para o município capixaba.

Segundo a prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social e da Procuradoria-Geral, informações foram juntadas sobre o tema, para que o auxílio do Ministério Público fosse procurado, buscando garantir os direitos dos cidadãos, mas sem ferir as prerrogativas das Prefeituras.

“Nosso desejo não é achar culpados e sim buscar uma alternativa respeitosa sobre o tema, e juntos construirmos ações efetivas para a promoção da dignidade das pessoas em vulnerabilidade social, inclusive irei procurar as Prefeituras vizinhas e dialogarmos sobre a temática, pois o índice de ‘andarilhos’ aumentou muito após a pandemia da COVID 19”, citou o Prefeito Luciano Pingo em matéria publicada no site da prefeitura.

As denúncias sobre o desembarque de andarilhos em Ibatiba foi feita em sessão da Câmara municipal pelo presidente da casa vereador Fernando Vieira.
Fotos mostram o momento em que dois moradores de rua são deixados as margens da BR 262.

Em reportagem da Rádio Mania FM, a Prefeitura de Martins Soares informou que iria investigar o caso, mas até a publicação desta matéria, ainda não apresentou um posicionamento sobre o caso.