Pâmella Holanda revela demora de medida protetiva contra DJ Ivis

Pâmella Holanda foi vítima de um dos maiores casos de agressão dos últimos meses, em que viralizaram vídeos de seu ex-marido, DJ Ivis, batendo nela diversas vezes, inclusive na frente da filha.

Atualmente com o músico preso, Pâmella fez um desabafo sobre o andamento do pedido dela na justiça de uma medida protetiva, indignada com a demora para o aval da solicitação, que foi pedida com urgência.

“Para quem é leigo, ou interpreta sempre de maneira tendenciosa: A minha revolta é que mesmo o meu caso tendo repercussão, tendo mudado uma lei, tendo encorajado milhões de mulheres no país todo, o judiciário não anda!”, disse ela nos stories do Instagram.

“Coisas mínimas não são deferidas! E não, não estou passando necessidade, graças a Deus, porque eu trabalho, mas eu me indigno com a lentidão no meu caso de uma medida de urgência, com prazo de 48h, que há quase três meses não sai do papel, uma medida provisória que não é a final”.

“Imaginem a quantidade de mulheres que estão nessa situação há anos? Eu não consigo imaginar o sofrimento! A justiça deve ser executada e não protelada! É por isso que as pessoas estão cada vez mais desacreditadas”, concluiu Pâmella Holanda.

DJ IVIS VIRA RÉU

No último dia 16 de agosto, o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) informou que o DJ Ivis se tornou réu pelas agressões cometidas contra a ex-mulher Pamella Holanda.

A agressão foi registrada em vídeo e denunciada pela ex-mulher no início do último mês de julho. O cantor foi indiciado pela Polícia Civil do Ceará no fim do mês de julho e a denúncia do Ministério Público do Ceará foi aceita pela Justiça.

No último dia 14 de agosto, Ivis completou um mês de prisão. Ivis se encontra em uma área de triagem no presídio Irmã Imelda Lima Pontes, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Ele está em uma situação especial de segurança para que seja garantida a integridade física, uma vez que o caso teve grande repercussão.