“Eu simplesmente não quis ir”, diz maquiador que viajaria com Marília Mendonça

Eduardo Guimarães, maquiador e amigo de Marília Mendonça, contou nesta segunda-feira (8) ao Manhã Bandeirantes, da Rádio Bandeirantes, que era um dos nomes listados para viajar no avião da equipe da artista que caiu na última sexta (5) no interior de Minas Gerais. Por algum motivo que ele não soube explicar, decidiu não ir de última hora.

“Eu moro em São Paulo. Muitas vezes ia de São Paulo para Goiânia e pegava um avião com ela; outras vezes ia direto daqui para o local do show em um voo comercial. Desta vez, não tive nenhum pressentimento nem nada. Eu simplesmente falei que não queria ir com eles. Liguei e falei ‘não quero, quero ir para Belo Horizonte e de lá me viro para ir ao show’. Até falei com uma prima que mora em BH para tentar arrumar um motorista”, disse.

O maquiador foi contratado em 2016, quando Marília Mendonça começou a estourar. Após atendê-la duas vezes, a cantora fez o convite para ele integrar o time nas viagens. Reconhecendo um “amor à primeira vista”, ele aceitou.

“Eu perdi uma grande amiga e, acima de tudo, uma das pessoas mais incríveis que já conheci. Agora não sei se quero mais trabalhar com esse tipo de trabalho. Tudo na vida é questão de referência. Eu tive uma referência tão grande de uma pessoa tão majestosa, no sentido mais amplo da palavra… É muito fácil ter o título de ‘Rainha da Sofrência’, mas ela era uma rainha mesmo. Não sei se vou me adaptar a outra pessoa, tendo ela como referencia”, lamentou.

Entenda o acidente

A cantora sertaneja Marília Mendonça morreu na última sexta-feira (5) aos 26 anos. A artista foi resgatada sem vida após um acidente de avião em Piedade de Caratinga, no interior de Minas Gerais. A aeronave, que levava a artista e mais quatro passageiros, caiu por volta das 15h20 em um curso d’água. O avião decolou de Goiânia (GO) com destino a Caratinga (MG), onde Marilia teria uma apresentação na noite da última sexta.

 

A aeronave é um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, e tinha capacidade para seis passageiros. Segundo o sistema da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a situação de aeronavegabilidade do avião estava normal e a operação era permitida para taxi aéreo.

Além de Marília, morreram no acidente Geraldo Martins de Medeiros Junior, o piloto, Tarciso Pessoa Viana, o copiloto, o produtor-geral Henrique Ribeiro e o assessor Abicieli Silveira Dias Filho, que também era tio de Marilia Mendonça.

Relembre a carreira de Marilia Mendonça
Marilia Dias Mendonça nasceu no dia 22 de julho de 1995 em Cristianópolis, em Goiás. A artista começou a carreira musical ainda na infância, aos 12 anos de idade, como compositora — ela assina letras de sertanejos como Wesley Safadão, Jorge & Mateus e Matheus & Kauan.

Em 2016, lançou seu primeiro álbum, “Marilia Mendonça: Ao Vivo”, gravado em São Paulo (SP). O disco conta com músicas como “Infiel” e “Alô Porteiro”, que consagraram Marilia como “rainha da sofrência”. “Supera”, “Todo Mundo Vai Sofrer”, “Graveto” e “De Quem É A Culpa?” são alguns dos hits da cantora.

A cantora ganhou o Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Sertaneja em 2019 com o disco “Todos os Cantos”, projeto musical marcado por apresentações da artista em todas as capitais do país e que foi registrado em documentário pela plataforma de streaming Globoplay.

Vida pessoal
Marilia Mendonça deu à luz a Leo, seu único filho, no dia 16 de dezembro de 2019. O menino é fruto da relação com o cantor sertanejo Murilo Huff. Eles começaram a namorar em 2017; o relacionamento, marcado por “idas e vindas”, chegou ao fim em setembro deste ano.

 

Fonte: Band.