ES lidera lista de destinos mais buscados em site de hospedagem

Notícia boa para o Espírito Santo: o Estado está no topo da lista de destinos mais procurados em site de hospedagem. A Booking.com revelou quais são os destinos tendência nacionais para o período de férias de meio do ano, ou seja, aqueles que mais cresceram em número de buscas por brasileiros em comparação a julho e agosto de 2022.

No top 10 de destinos tendência para o meio do ano, a região Sudeste conta com sete representantes, com destaque para o Espírito Santo, que aparece em primeiro e segundo lugares do ranking, com os municípios de Vitória e Vila Velha. Além disso, as regiões Nordeste e Sul também aparecem na lista.

O secretário de Estado de turismo, Weverson Meireles, comemorou o resultado. “Ver duas das maiores cidades capixabas em primeiro e segundo lugar é motivo de alegria para todo Estado. Mostra o resultado de um bom trabalho em conjunto com o trade, entidades ligadas ao setor, instituições, instâncias de governança, gestores municipais e Governo do Estado. O trabalho agora é para que possamos colocar ainda mais municípios na vitrine do turismo nacional, pois temos atrativos e equipamentos turísticos que possibilitam isso”, frisou.

“Existem destinos, no entanto, que não necessariamente figuram nestas listas, mas que estão chamando atenção e ganhando cada vez mais o interesse dos turistas do país, disse o gerente regional da Booking.com no Brasil, Nelson Benavides.

“Quando olhamos para a lista de destinos tendência, observamos destinos do interior de São Paulo e Rio de Janeiro, além das capitais do Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Maranhão”, completou.

Destinos nacionais que mais cresceram em buscas por viajantes brasileiros, na Booking.com, para viagens em julho e agosto de 2023, em comparação com o mesmo período em 2022:

1) Vitória, Espírito Santo: 274% de aumento
2) Vila Velha, Espírito Santo: 267% de aumento

3) Barretos, São Paulo: 236% de aumento
4) Petrópolis, Rio de Janeiro: 218% de aumento
5) Itaipava, Rio de Janeiro: 150% de aumento
6) São Luís do Maranhão, Maranhão: 117% de aumento
7) Ribeirão Preto, São Paulo: 114% de aumento
8) Abraão, Rio de Janeiro: 104% de aumento
9) Barreirinhas, Maranhão: 90% de aumento
10) Porto Alegre, Rio Grande do Sul: 83% de aumento

Fonte: AquiNotícias.com