Em dois dias, Polícia Federal intercepta dois pacotes com notas falsas no ES

Nesta quarta-feira (8), a Polícia Federal prendeu um homem suspeito de encomendar notas falsas de dinheiro. A ação policial aconteceu no Norte do Espírito Santo, após a direção dos Correios informar que haviam duas encomendas com material irregular. De acordo com a agência, elas seguiriam para a cidade de Pinheiros.

Os policiais acompanharam o momento em que as encomendas foram entregues e efetuaram a prisão em flagrante de um homem. No interior do pacote havia R$ 1.000,00 em cédulas falsas, todas na quantia de R$ 100,00. Um menor também foi apreendido durante a ação. Ele seria responsável por receber a segunda encomenda.

 O suspeito disse a polícia que adquiriu as cédulas pela internet. Ele vai responder pelo crime de Moeda Falsa.

Outro caso de notas falsas

Policias federais da Delegacia de Cachoeiro de Itapemirim também prenderam em flagrante, na na última segunda-feira (6), uma mulher que receberia uma encomenda dos Correios com cédulas falsas no seu interior.

A ação teve início após a Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios informar à Polícia Federal que haveria uma encomenda suspeita, com indicativos de material irregular, que seguiria para o destinatário na data de hoje.

Os policiais então acompanharam o momento em que a suspeita receberia a encomenda e procederam à prisão em flagrante após a constatação de que no interior do pacote havia R$ 8.000,00 em cédulas falsas, todas de R$ 100,00.

Aos policiais, a presa disse apenas que sabia da falsidade das notas, optando por permanecer em silêncio posteriormente. A presa responderá pelo crime de Moeda Falsa.

Crime de nota falsa

Art. 289 – Falsificar, fabricando-a ou alterando-a, moeda metálica ou papel-moeda de curso legal no país ou no estrangeiro:
Pena – reclusão, de três a doze anos, e multa.
§ 1º – Nas mesmas penas incorre quem, por conta própria ou alheia, importa ou exporta, adquire, vende, troca, cede, empresta, guarda ou introduz na circulação moeda falsa.

Fonte: AquiNotícias.Com