Bolsonaro sanciona volta da propaganda partidária na TV e veta compensação a emissoras

O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou ontem a lei que prevê a volta da propaganda partidária no rádio e na televisão.

O texto aprovado pelo Congresso em dezembro, porém, teve vetado pelo presidente um trecho prevendo que emissoras teriam direito a compensação fiscal pela cessão do horário.

Como consta no Diário Oficial da União desta terça-feira (4), Bolsonaro acatou a sugestão do Ministério da Economia para esse veto.

Fonte: Uol