35569070

Primavera: descubra de onde vem o nome da estação das flores

O inverno de 2021 se despediu do hemisfério sul na tarde desta quarta-feira (22), deixando o caminho livre para a chegada oficial da primavera, a estação das flores, da reprodução das plantas e das temperaturas amenas. Para entender por que a estação é chamada de “primavera”, GZH ouviu o professor de latim do Núcleo de Ensino de Línguas em Extensão da UFRGS e de língua portuguesa do Colégio Gabarito, Lucas Neves Costa, e o proprietário do Observatório Espacial Heller & Jung, Carlos Jung, que explicam a origem do termo.

— A contagem do tempo pelos antigos povos era baseada nos movimentos do sol e da lua. No passado, o ano era dividido em dois períodos: a estação mais quente, celebrada pelo florescimento, e a estação mais fria, celebrada pela colheita — afirma Jung.

As estações do ano eram duas e seus nomes vêm do latim: a palavra “hiems” significava inverno, termo que também era utilizado para “mau tempo”, “chuva” e “tempestade”. É inclusive de “hiems” que originou-se a palavra “hibernar”, que quer dizer “passar o inverno”. O verão era chamado de “solstitium” ou “aestas”.

Já a palavra “veris”, que com o tempo acabou dando origem à palavra verão, originalmente tinha um significado relacionado à juventude, florescimento, primavera.

— É bonito pois há uma associação poética entre o desabrochar das flores e o florescer da alma e da sexualidade. Mas, em algum momento, a palavra “veris”, que originalmente significava primavera, começou a ser usada para significar “bom tempo”. E foi assim que veris acabou virando verão — explica Lucas.

Com essa dinâmica que mudou o significado de “veris”, foi necessário criar uma nova palavra para falar da estação das flores. Dessa forma, “primo vere”, ou o “primeiro verão” foi o termo adotado para referir-se ao que hoje conhecemos como a primavera, o período que antecede o verão.