indice

Médicos interrompem gravidez de menina estuprada pelo tio no ES

indice

A equipe médica do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros, em Recife (PE), concluiu a primeira parte do procedimento de interrupção da gravidez da menina de 10 anos que foi estuprada em São Mateus. Segundo o médico Olimpio Barbosa de Morais Filho, responsável pelo procedimento, a criança deve retornar ao Espírito Santo na quarta-feira (19).

O procedimento, determinado pela Justiça capixaba, consiste na injeção de medicamento para levar o feto a óbito, o que já foi feito. Ainda na noite deste domingo (16) e na madrugada desta segunda-feira teve início a segunda etapa, que é a indução da expulsão do feto, também feita por medicamento. Essa etapa só será concluída com a limpeza total do útero.

A menina chegou a ser internada no Hospital das Clínicas, em Vitória, mas uma equipe médica se recusou a fazer o aborto autorizado pela Justiça, alegando que “a idade gestacional não está amparada na legislação vigente.”

Por isso, ela foi levada ao Recife, que tem protocolo médico mais amplo para interrupção de gravidez.