gusttavo-lima-boicote-globo

Gusttavo Lima vai deixar a Sony Music para criar a própria gravadora

O cantor sertanejo Gusttavo Lima, de 32 anos, não renovará o contrato com a Sony Music que termina no ano que vem. Em vez disso, o artista terá sua própria gravadora, que se chamará Balada Records, segundo o colunista Leo Dias, do jornal Metrópoles.

A empresa será criada para disputar uma fatia do mercado fonográfico, atualmente dominado pela Sony e pela Universal Music. Além de Gusttavo, a ideia é que a Balada tenha outros artistas e gêneros musicais em seu casting.

Em 2018, a mudança do sertanejo da Som Livre para a Sony Music abalou o setor, e tornou-se um dos maiores acordos financeiros da música brasileira, segundo o colunista. Especulou-se, à época, que a multinacional desembolsou cerca de 40 milhões de reais para ter o cantor em seu catálogo.

 A saída repentina da Som Livre, que era comandada pelo Grupo Globo até o ano passado, quando foi vendida à Sony Music, fez o sertanejo ser praticamente vetado dos programas da emissora carioca.

Apesar disso, Gusttavo continua sendo um dos principais nomes da música sertaneja do país. Estima-se que, com a volta dos shows, o cantor receba cerca de R$ 1 milhão por apresentação, considerado o maior cachê do país.

Fonte: Correio Brasiliense