content_b0b5ce5f-f9ec-47dc-a7b4-2d9d149a9e12

Compositor registra BO contra Wesley Safadão

content_b0b5ce5f-f9ec-47dc-a7b4-2d9d149a9e12Após a ausência de Wesley Safadão nas audiências marcadas, o compositor Jonas Alves registrou um boletim de ocorrência por crime contra a propriedade imaterial. As informações são do colunista Leo Dias, do Metropoles.

Ele informou que no registro Safadão é acusado de se apropriar ilegalmente da canção “Vaqueirinha Maltrata”.

O compositor já havia aberto um processo contra Wesley Safadão em 2020. Na ação, Jonas alegou que Wesley não lhe pagou pela composição da música lançada em 2018 e, por isso, exigia indenização. A música foi acessada e baixada por 1,57 milhão de pessoas. Jonas Alves pede a quantia de R$ 4,5 milhões por danos materiais. O montante em dinheiro corresponde ao número de vezes que a música foi acessada e baixada, multiplicada por R$ 2,90. Os advogados do compositor pedem ainda R$ 200 mil por danos morais.

Procurada pelo colunista, a equipe de Safadão informou que está agindo e seguindo as normas conforme a lei e que não falará sobre o caso.

Fonte: Fabíola Nishi.
vacina-russa-sputnik-v-sera-produzido-no-brasil-pelo-laboratorio-uniao-quimica

Vacina russa Sputnik V revela 91,6% de eficácia

vacina-russa-sputnik-v-sera-produzido-no-brasil-pelo-laboratorio-uniao-quimica

A vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Rússia, a Sputnik V, revelou uma eficácia de 91,6% contra as formas sintomáticas da doença, segundo resultados publicados hoje (2) na revista médica The Lancet e validados por especialistas independentes.

“O desenvolvimento da Sputnik V tem sido criticado pela sua precipitação, por ter saltado etapas e pela falta de transparência, mas os resultados são claros e o princípio científico dessa vacinação está demonstrado”, estimaram dois especialistas britânicos, Ian Jones e Polly Roy, num comentário anexado ao estudo.

Isto “significa que uma vacina extra pode ser acrescentada à luta contra a covid-19”, ressaltaram os dois investigadores, que não participaram no estudo.

Os primeiros resultados de eficácia verificados corroboram as afirmações iniciais da Rússia, recebidas ano passado com desconfiança pela comunidade científica internacional.

Estes dados parecem colocar a Sputnik V entre as vacinas com melhores desempenhos, como as da Pfizer/BioNTech, que anunciam uma eficácia de cerca de 95% mas utilizam, no entanto, uma tecnologia diferente (RNA mensageiro).

Nas últimas semanas começaram a surgir pressões para que a Agência Europeia do Medicamento (EMA na sigla em inglês) avaliasse rapidamente o desempenho da Sputnik V, já utilizada na Rússia e em países como a Argentina e a Argélia.

Os resultados agora publicados na The Lancet dizem respeito à última fase de ensaios clínicos da vacina, a fase três, que envolve cerca de 20 mil voluntários.

Como é habitual, estes resultados têm origem na equipe que desenvolveu a vacina e conduziu os ensaios, sendo posteriormente submetidos à verificação de outros cientistas independentes antes da sua publicação.

Os resultados agora publicados mostram que a Sputnik V reduz em 91,6% o risco de contrair uma forma sintomática da covid-19.

Os participantes no ensaio, realizado entre setembro e novembro, receberam todos duas doses da vacina ou um placebo com três semanas de intervalo.

Em cada uma das doses, fizeram também um teste de PCR e, nos dias seguintes à administração da segunda dose, o teste foi realizado apenas em quem desenvolveu sintomas.

Um total de 16 voluntários dos 14,9 mil que receberam ambas as doses da vacina teve teste positivo (0,1%) em comparação com 62 de 4,9 mil voluntários que receberam o placebo (1,3%).

Os autores apontam, no entanto, uma limitação: uma vez que os testes PCR só foram realizados “quando os participantes declararam ter sintomas de covid-19, a análise da eficácia diz respeito apenas aos casos sintomáticos”.

“São ainda necessárias mais pesquisas para determinar a eficácia da vacina em casos assintomáticos e na transmissão” da doença, explica a revista The Lancet em comunicado.

Além disso, com base em cerca de 2 mil casos de pessoas com mais de 60 anos, o estudo considera que a vacina parece eficaz nessa faixa etária, com os dados parciais mostrando que protege muito bem contra as formas moderadas a severas da doença.

A Sputnik V da Rússia é uma vacina de vetor viral, ou seja, utiliza outros vírus tornados inofensivos para o organismo humano e adaptados para combater a covid-19.

Trata-se da mesma técnica utilizada pela vacina da AstraZeneca (Oxford), que apresenta uma eficácia de 60%, segundo a EMA.

Enquanto a vacina da AstraZeneca se baseia num único adenovírus de chimpanzé, a Sputnik V utiliza dois adenovírus humanos diferentes para cada uma das injeções.

Segundo os seus criadores, a utilização de um adenovírus diferente em reforço da primeira injeção deverá causar uma melhor resposta imunológica.

whatsapp-image-2021-01-20-at-19-55-22-1-e1611227473697

No Espírito Santo, quase 3,5 mil pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19

whatsapp-image-2021-01-20-at-19-55-22-1-e1611227473697

No Espírito Santo, 3.489 pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra o novo Coronavírus (Covid-19). Os dados são do Programa Estadual de Imunizações, da Secretaria da Saúde (Sesa), referentes as vacinas aplicadas até as 15h desta quarta-feira (20). Alguns municípios iniciaram a vacinação ainda na terça-feira (19), quando o Governo do Estado iniciou a distribuição das doses da CoronaVac, do Instituto Butatan, para atender ao público-alvo definido pelo Plano Nacional de Vacinação (PNI) na primeira etapa da fase 1 da campanha de vacinação.

Estão sendo imunizadas as pessoas maiores de 60 anos residentes em instituições de longa permanência; pessoas maiores de 18 anos com deficiência residentes em Residências Inclusivas; indígenas aldeados; e trabalhadores da saúde. O Ministério da Saúde disponibilizou 101.320 mil doses da vacina para o Estado, estabelecendo cerca de 48 mil pessoas como população-alvo desta fase inicial de vacinação no Espírito Santo.

A imunização ocorrerá em duas doses, com um intervalo de tempo de quatro semanas. Para a aplicação da segunda dose, a Secretaria da Saúde realizará uma nova distribuição às Regionais, o que deve ocorrer na segunda semana do mês de fevereiro.

Para a primeira etapa da fase 1, a imunização se dará pelos trabalhadores da saúde (42.273); pessoas maiores de 60 anos residentes em instituições de longa permanência (2.970); pessoas maiores de 18 anos com deficiência residentes em Residências Inclusivas (210) e indígenas aldeados (2.793), em conformidade com os cenários de disponibilidade da vacina. O público idoso acima dos 75 anos não institucionalizados (155.760 capixabas) será contemplado com a disponibilidade de mais imunizantes, na segunda etapa da fase 1.

Ainda segundo determinações do Ministério da Saúde, a população-alvo da campanha nacional de vacinação contra a Covid-19 foi priorizada seguindo os critérios de exposição à infecção, além de maiores riscos para agravamento e óbito pela doença. O escalonamento desses grupos populacionais para vacinação se dará conforme a disponibilidade das doses de vacina.

Em relação à imunização dos profissionais da saúde, os critérios utilizados, segundo a Resolução CIB N° 007/2021, leva-se em consideração: os profissionais vacinadores; os das Instituições de Longa Permanência para Idosos; os trabalhadores de Unidades de Terapia Intensiva Covid-19, dos hospitais referências; trabalhadores da Urgência e Emergência; enfermaria dos hospitais Covid-19; e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU); profissionais da sala vermelha de Unidades de Pronto Atendimentos (UPAs e PAs); e profissionais dos Centros de Referência para a Covid-19, na Atenção Básica.

AQUINOTÍCIAS.COM

38

Servidor do ES pode ser demitido se aplicar vacina fora da ordem de prioridade

38

Aplicar a vacina contra a Covid-19 em uma pessoa que esteja fora do grupo de risco ou até mesmo fora da ordem de prioridade estabelecida pelo Plano Nacional de Imunização pode levar, no Espírito Santo, à demissão do servidor da Saúde responsável pela aplicação.

A determinação é da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), que definiu em portaria publicada no Diário Oficial do Estado, assinada nesta quarta-feira (20) e publicada nesta quinta-feira (21), que essa é considerada uma falta grave que cabe demissão ou suspensão do cargo. A punição também caberá ao servidor da Saúde que tomar a vacina mesmo estando fora dos grupos prioritários.

De acordo com a portaria da Sesa, as Secretarias Municipais de Saúde do Espírito Santo participantes do Programa Estadual de Vacinação terão o prazo de 10 dias para editar normas disciplinares semelhantes. Já os usuários do SUS que receberem a vacina fora da ordem do calendário de vacinação podem ser processados.

 

indice

Auxiliar de enfermagem é a primeira pessoa a se vacinar contra o coronavirus em Ibatiba

indice

A técnica em enfermagem Maria Aparecida Heringer de Paula foi a primeira pessoa a se vacinar contra o coronavírus em Ibatiba.

A prefeitura divulgou uma live onde a servidora da secretaria de saúde do município recebeu a primeira dose de imunização.

Estavam presentes o prefeito do município Luciano Pingo e vereadores, além de servidores públicos para acompanhar a tão aguardada primeira imunização da cidade.

O prefeito Luciano Pingo conversou com nossa reportagem sobre a vacinação.

                                                   

 

sem-titulo

Veja a quantidade de vacina contra Covid que cada cidade do ES recebeu

sem-titulo

O Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), deu início nesta terça-feira (19) à distribuição das doses da vacina contra o novo Coronavírus (Covid-19). O Estado recebeu um total de 101.320 doses, oriundas pelo Ministério da Saúde. A Sesa encaminhou às doses da CoronaVac, do Instituto Butantan, às Regionais de Saúde para imunização da população-alvo desta primeira etapa.

As doses da vacina foram distribuídas nos seguintes quantitativos:  2.651 para Região Norte (São Mateus), 4.796 para Região Sul (Cacheiro de Itapemirim), 7.029 para Região Central (Colatina) e 17.260 para Região Metropolitana (Vitória).

As Regionais Sul e Central receberam as doses no final da manhã desta terça (19). Para a Central, os municípios seguirão um cronograma para a retirada com previsão de que todas as cidades recebam as doses até o final de quarta-feira (20). Já na Região Sul, todos os municípios já realizaram a retirada na Regional, em Cachoeiro de Itapemirim.

Ainda nesta manhã foram distribuídas as doses de Vitória, Cariacica e Serra. O município de Vila Velha fez um pedido especial e foi até a sede da Vigilância em Saúde, na Capital, para retirar suas doses. Os demais municípios que compõem a Região Metropolitana deverão retirar as doses diretamente na Rede de Frio, da Sesa.

Veja a quantidade de vacina que cada cidade do ES recebeu clicando aqui!

Três pessoas ficaram feridas em acidente com três carros (Foto: Reprodução/ Twitter @bombeirosES) - O conteúdo do Tribuna Online é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Para compartilhar este conteúdo, por favor, use nossas ferramentas de compartilhamento oferecidas na página ou utilize o link https://tribunaonline.com.br/tres-pessoas-ficam-feridas-em-acidente-na-br-262

Três pessoas ficam feridas em acidente na BR-262

Três pessoas ficaram feridas em acidente com três carros (Foto: Reprodução/ Twitter @bombeirosES) - O conteúdo do Tribuna Online é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Para compartilhar este conteúdo, por favor, use nossas ferramentas de compartilhamento oferecidas na página ou utilize o link https://tribunaonline.com.br/tres-pessoas-ficam-feridas-em-acidente-na-br-262

Três pessoas ficaram feridas em acidente com três carros (Foto: Reprodução/ Twitter @bombeirosES)

Três pessoas ficaram feridas em um acidente na BR-262, em Domingos Martins, na região Serrana, na tarde de domingo (17). Três carros de passeio bateram no quilômetro 68.

Segundo o Corpo de Bombeiros, “as equipes de Resgate foram até a região informada e fizeram o atendimento, com apoio do Samu, de três vítimas, sendo duas do sexo feminino e uma do sexo masculino”.

As vítimas foram levadas para o Hospital Arthur Gerrard, no município. Nenhuma morte foi registrada.

etanol-e-gasolina-ficam-8-mais-baratos-em-abril-segundo-pesquisa-1588877169485_v2_900x506

Petrobras reajusta gasolina em 7,6% a partir desta terça-feira

etanol-e-gasolina-ficam-8-mais-baratos-em-abril-segundo-pesquisa-1588877169485_v2_900x506

O preço médio do litro da gasolina vendida pela Petrobras em suas refinarias vai passar de R$ 1,84 para R$ 1,98, o que representa uma alta de 7,6%. Esse foi o primeiro aumento do ano. O último aconteceu no dia 29 de dezembro.

A empresa tem sido criticada por um grupo de concorrentes reunido na Associação Brasileira de Importadores de Combustíveis (Abicom), que recorreu ao Cade acusando a empresa de praticar valores abaixo da paridade internacional e, com isso, impedir a competição no mercado interno.

Segundo o presidente da entidade, Sérgio Araújo, mesmo com o aumento anunciado nesta segunda-feira, o preço da estatal ainda não está em linha com o de importação.

133786284_4002297213153828_7688755085848453235_o

Ibatiba será palco da pré-temporada do Rio Branco de Venda Nova

133786284_4002297213153828_7688755085848453235_o

 

O atual campeão capixaba de futebol, o Rio Branco de Venda Nova do Imigrante está em solo da Capital Capixaba do Tropeiro.

A equipe, que chega nesta segunda-feira (18), seguirá na cidade até o dia 30 de janeiro, quando enfrentará a seleção de Ibatiba em um amistoso.

Todos jogadores e comissão técnica ficarão hospedados na Mata da Onça Lazer e Eventos, e seguem por lá até cumprirem a agenda de treinamentos nas comunidades rurais do município e no Estádio Mirandão.

Em suas redes sociais o prefeito Luciano Pingo falou da alegria de receber o atual campeão capixaba em uma pré-temporada em Ibatiba.

“Estamos muito felizes com essa parceria. Ibatiba se coloca novamente em destaque esportivo. Gratidão”, salientou o prefeito.

O Secretário de Esportes e Lazer do município Carlos Alberto está coordenando o apoio da Prefeitura nesta iniciativa, que conta com parcerias do comércio de Ibatiba.

O Rio Branco irá disputar em 2021 o Campeonato Capixaba; a Copa do Brasil; o Campeonato Brasileiro Série D e a Copa Verde.

Ibatiba.es.gov.br

x91236039_so-sao-paulosp17-01-2021-enfermeira-prepara-vacina-desenvolvida-pelo-instituto-butantan-jpg-pagespeed-ic-kxx8rn4qxt

Vacinação no ES deve começar depois das 19h desta segunda em hospital da Serra

x91236039_so-sao-paulosp17-01-2021-enfermeira-prepara-vacina-desenvolvida-pelo-instituto-butantan-jpg-pagespeed-ic-kxx8rn4qxt

Um evento marcará o início da vacinação contra o novo coronavírus no Espírito Santo. A primeira imunização em solo capixaba será feita no Hospital Dr. Jayme dos Santos Neves, nesta segunda-feira (18), a partir das 19h.

Não é possível falar em um horário exato, já que o voo trazendo os medicamentos para o Estado tem previsão de chegada às 17h30 no Aeroporto de Vitória. No entanto, o transporte do material, que é de responsabilidade do Ministério da Saúde, pode sofrer atrasos por conta da logística no encaminhamento dos imunizantes.