helicoptero-es-1-1-600x363

Helicóptero cai em área particular de Vila Velha

helicoptero-es-1-1-600x363

Um helicóptero caiu em uma área articular no bairro Riviera da Barra, em Vila Velha, na manhã desta quarta-feira (06). O acidente aconteceu por volta das 10h30. Duas pessoas morreram.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, que também foi acionado para o local, o piloto da aeronave e uma senhora idosa tiveram parada cardiorrespiratória, foram atendidos pelo Samu, mas não resistiram. Não houve incêndio e as vítimas não estavam presas às ferragens.

134582400_3597507230341042_7396613505945201764_o

Verão na pandemia: conheça os cuidados necessários

134582400_3597507230341042_7396613505945201764_o

É seguro ir na piscina? Qual a melhor forma de curtir o happy hour? Conversamos com um especialista para orientar você a curtir o verão com mais segurança

O próximo verão será marcado pela incerteza. A pandemia de Covid-19 trouxe diversas mudanças para as nossas rotinas e uma série de cuidados e preocupações que agora se tornaram necessários. Da mesma forma, vários hábitos comuns para a estação também terão de ser adaptados a nossa nova realidade.

Entretanto, é possível aproveitar o melhor da estação – desde que tomados os devidos cuidados. O Bella Mais conversou com o médico infectologista Luciano Lunardi, que trouxe orientações que para algumas das atividades mais comuns da época sejam feitas de forma segura. Confira:

 

Deslocamentos

Segundo o médico, são necessários cuidados.  Viajar pode expor a pessoa ao risco, especialmente se usar transporte coletivo. “Sugere-se nestes casos usar máscara para viajar com pessoas que não moram na mesma casa e manter distanciamento social quando possível. Se viajar de carro, atenção ao uso de máscara e higienização de mãos nas paradas”, indica Luciano. Além disso, é necessário manter distância de dois metros de outras pessoas dentro e fora da água e usar máscara fora da água. “A máscara não deve ser usada dentro da água por perda da proteção e risco para a pessoa. Não há registro de transmissão do vírus que causa o COVID-19, pela água do mar. Como o vírus se espalha de pessoa a pessoa por partículas respiratórias, evite áreas que estejam lotadas”, informa o infectologista.

Tomar banho de piscina

Não há registro de transmissão do vírus pela água de piscinas, especialmente pelo uso do cloro. “Alguns cuidados são importantes, como manutenção da piscina em dia, tomar banho de ducha antes de entrar na piscina, evitar entrar na água se estiver com diarréia, bem como se tiver algum corte aberto ou ferida sem curativo”, indica. “Também é importante não fazer xixi ou coco na água, não engolir água e ter atenção às crianças que entrarem na água de fralda, que deve ser trocada de hora em hora e longe da piscina para evitar contaminação”, explica o médico.

Passear em parques

Segundo Luciano, o passeio é seguro, desde que tomadas as medidas de cuidado. “É necessário manter distanciamento social e evitar áreas lotadas. Usar máscara, especialmente quando o distanciamento for difícil. Higienizar as mãos freqüentemente”, orienta. O médico também alerta que não se deve visitar parques se estiver doente ou com teste positivo para Covid-19. “Nos parques, as crianças acima de dois anos podem usar máscara. Evitar usar máscara quando ela tem risco de ser molhada, como ao nadar”, indica.

Happy hour em bares e restaurantes

O médico alerta que esta atividade necessita de muitos cuidados. “O ideal manter distanciamento social e uso de máscara. Evitar que as pessoas estejam aglomeradas e sem máscara no momento de consumir alimentos ou bebidas”, indica. A orientação de Luciano é preferir as áreas abertas e bem ventiladas para estes eventos, para diminuir os riscos. Além disso, os estabelecimentos devem reforçar a higiene dos ambientes.

radio-mania-fm

radio-mania-fm

2021 🌟, um ano tão aguardado, nunca se teve tanta esperança 🙏 em um ano como esse que está começando.

Esperamos que as perdas que tivemos em 2020 🌠 sejam um impulso para conquistarmos coisas boas nesse novo ciclo.

Que seja um ano de muito mais força 💪🏽, esperança, positividade ✌🏽, paz 🕊 e que você consiga enxergar o caminho 🛣 que Deus te preparou. 🙌

Um brinde 🍾 às novas metas 📝 e aos sonhos 💭 que vão sair do papel nesse ano pra você, amigo e ouvinte MANIA! 🎧

Feliz 2021, de toda equipe da Rádio Mania FM! 💛

 

design-sem-nome-6

ES registrou em 2020 o maior número de mortes dos últimos 5 anos

design-sem-nome-6

Em um ano marcado pela pandemia do novo coronavírus, o Espírito Santo bateu o recorde de óbitos registrados nos últimos cinco anos. A marca, que representa o luto de milhares de famílias, consta no Portal da Transparência do Registro Civil. De acordo com o site, de janeiro a dezembro de 2020, o Estado contabilizou 29.006 mortes.

 

O dado corresponde a 3.882 óbitos a mais que em 2019, ano que registrou 25.124 mortes.

sem-titulo

Sertanejo domina lista de 50 músicas mais ouvidas nas paradas do Spotify no Brasil; veja faixas e estilos

Sertanejo domina lista de 50 músicas mais ouvidas nas paradas do Spotify no Brasil; veja faixas e estilos

sem-titulo

O sertanejo continua com uma liderança folgada entre as músicas mais ouvidas no top 200 do Spotify no Brasil, seguido pelo funk, mostra um levantamento do G1 com base em dados do Spotify.

O domínio dos dois gêneros diminuiu um pouco (de 38 faixas em 2019 para 35 em 2020), mas continua forte.

Junto com funk, sertanejo continua a liderar ranking, mas os dois estilos perderam um pouco de espaço em 2020. Ritmos também estão presentes na lista de 10 faixas que marcarm o ano; veja vídeo e podcast. O sertanejo continua com uma liderança folgada entre as músicas mais ouvidas no top 200 do Spotify no Brasil, seguido pelo funk, com base em dados do Spotify.

O domínio dos dois gêneros diminuiu um pouco (de 38 faixas em 2019 para 35 em 2020), mas continua forte.

O levantamento considera apenas as audições de músicas enquanto elas estavam no ranking diário de 200 faixas mais ouvidas do Brasil no Spotify entre os dias 1 de janeiro e 15 de dezembro de 2020.

Streams
no top 200
Liberdade Provisória – Henrique e Juliano
162 251 371
A Gente Fez Amor – Gusttavo Lima
148 290 456
Graveto – Marília Mendonça
126 609 966
Volta por Baixo – Henrique e Juliano
123 810 869
S de Saudade – Luiza e Maurílio
120 453 388
Litrão – Ao Vivo
114 364 586
Barzinho Aleatório – Zé Neto e Cristiano
106 405 338
Ranking – Jorge e Mateus
101 092 092
Don’t Start Now – Dua Lipa
100 580 767
Cheirosa – Jorge e Mateus
100 298 858
Investe Em Mim – Jonas Esticado
96 271 454
Oh Juliana – MC Niack
93 637 314
Briga Feia – Henrique e Juliano
92 949 820
Dance Monkey – Tones and I
91 384 019
Recairei – Barões da Pisadinha
89 853 367
BRABA – Luisa Sonza
89 258 927
SENTADÃO – Pedro Sampaio
87 617 092
Supera – Marília Mendonça
86 752 442
Bebi Minha Bicicleta – Zé Neto e Cristiano
86 512 919
menina solta – Giulia Be
84 999 990
3 Batidas – Guilherme e Benuto
82 988 832
Na Raba Toma Tapão – Niack
81 967 038
Desce Pro Play – Zaac, Anitta, Tyga
79 671 018
Blinding Lights – The Weeknd
77 255 250
Com ou Sem Mim – Gustavo Mioto
77 153 467
Tudo Aconteceu – Du Black
74 854 020
Mentira – Felipe Araújo
74 285 643
Vem Me Satisfazer – MC Ingryd
73 319 720
Tá Rocheda – Barões da Pisadinha
71 701 253
Aí Eu Bebo – Maiara e Maraisa
71 188 511
Te Prometo – Dennis DJ
69 106 141
Sogra – Dilsinho
67 973 364
Quero Você do Jeito Que Quiser – Marília Mendonça
67 254 208
Viva Voz – Launa Prado
66 994 687
Vai Ter Que Aguentar – MC Don Juan
65 850 602
Roses – SAINt JHN, Imanbek Remix
65 846 054
Combatchy – Anitta, Rebecca, Luisa Sonza, Lexa
65 338 264
Despedida – Wesley Safadão
63 804 956
Comprei um Lança – MC Jacaré
62 892 456
Nem Doeu – Matheus e Kauan
62 442 642
Tudo Ok – Thiaguinho MT, JS, Milla
61 304 736
Tijolão – Jorge e Mateus
60 613 931
Poesia Acústica #9: Melhor Forma
59 789 453
Áudio – Diego e Victor Hugo
59 783 950
Basta Você Me Ligar – Barões da Pisadinha e Xand Avião
57 901 679
Amor de Fim de Noite
57 852 662
Não Vai Embora
56 985 713
Segunda Taça – Ao Vivo
56 604 162
Watermelon Sugar
56 603 298
Figurinha – Ao Vivo
56 153 152
0034089921_1671999742916529_3245751401707470848_n

‘Com ou sem mim’, de Gustavo Mioto, é a música mais tocada nas rádios em 2020

0034089921_1671999742916529_3245751401707470848_n

“Com ou sem mim”, de Gustavo Mioto, é a música mais tocada nas rádios em 2020, segundo levantamento anual da empresa de monitoramento Crowley. A faixa é composição de Mioto com Edu Valim e Renan Valim.

No streaming, a canção não teve um resultado tão bom. Ela aparece apenas na 25ª posição da lista de músicas mais ouvidas nas paradas do Spotify no Brasil em 2020.

Mas nos dois segmentos, o ano foi dominado pelo sertanejo.

No Spotify, o ritmo repete o resultado dos últimos anos e continua com uma liderança folgada entre as músicas mais ouvidas no top 200, seguido pelo funk. Na plataforma, a música campeão foi “Liberdade Provisória”, de Henrique e Juliano.

Já no rádio, o pagode de Thiaguinho aparece na 28ª posição, sendo o primeiro ritmo fora do sertanejo a aparecer na lista das músicas mais ouvidas.

A contagem da Crowley foi realizada em todo o Brasil entre os dias 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2020.

Veja o ranking de 10 músicas mais tocadas nas rádios em 2020 segundo a Crowley:

  1. “Com ou Sem Mim” – Gustavo Mioto
  2. “A gente fez amor” – Gusttavo Lima
  3. “Liberdade Provisória” – Henrique & Juliano
  4. “Graveto” – Marilia Mendonca
  5. “Litrão” – Matheus & Kauan
  6. “Água com açucar” – Luan Santana
  7. “Amoreco” – Simone & Simaria
  8. “Ai eu bebo” – Maiara & Maraisa
  9. “Barzinho aleatório” – Ze Neto & Cristiano
  10. “Declaração pro bar” – Guilherme & Benuto
sem-titulo

Brasil proíbe voos vindos da Inglaterra e Irlanda do Norte após nova cepa do coronavírus

sem-titulo

Uma portaria publicada em edição extra do Diário Oficial da União na noite desta quarta-feira (23) proíbe, em caráter temporário, a entrada no país de voos com origem ou passagem pelo Reino Unido e Irlanda do Norte. A portaria restringe, também, a entrada de estrangeiros por fronteiras terrestres e aquaviárias.

A medida foi adotada após ter sido identificada nesses países uma variante do novo coronavírus (covid-19) que, segundo especialistas, teria uma capacidade de transmissão superior à das versões até então conhecidas.

Assinada por três ministérios, da Saúde, Justiça e Segurança Pública e Casa Civil, a portaria suspende a autorização de embarque para o Brasil “de viajante estrangeiro, procedente ou com passagem” por esses países nos últimos 14 dias.

As restrições não se aplicam a brasileiro nato ou naturalizado; imigrante com residência de caráter definitivo no território brasileiro; profissional estrangeiro em missão a serviço de organismo internacional, desde que identificado; funcionário estrangeiro acreditado junto ao governo brasileiro; estrangeiro que tenha cônjuge, companheiro, filho, pai ou curador de brasileiro, ou que tenha ingresso autorizado especificamente pelo governo brasileiro ou portador de registro nacional migratório.

A portaria detalha, ainda, as situações em que o transporte de cargas é autorizado, bem como as restrições e exceções às quais estrangeiros vindos via terrestre e aquática estão sujeitos.

“Excepcionalmente, o estrangeiro que estiver em país de fronteira terrestre e precisar atravessá-la para embarcar em voo de retorno a seu país de residência poderá ingressar na República Federativa do Brasil com autorização da Polícia Federal”, estabelece a portaria. Nesse caso, ainda segundo o texto, o estrangeiro deverá dirigir-se diretamente ao aeroporto e ter em mãos uma demanda oficial da embaixada ou do consulado do país de residência, além de apresentar os bilhetes aéreos correspondentes.

Pesquisadores identificam no Rio possível nova linhagem do coronavírus

Nova linhagem com mutação do vírus da Covid-19 é descoberta no Rio

Pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Laboratório Nacional de Computação Científica do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) identificaram uma possível nova linhagem do novo coronavírus (Sars-CoV-2) circulando entre a população do Rio de Janeiro.

Os detalhes da pesquisa, bem como seus resultados, ainda não foram divulgados em nenhuma revista científica. De acordo com o ministério, ao analisarem amostras de material genético colhido de pacientes que moram no Estado, os pesquisadores identificaram cinco mutações do vírus causador da Covid-19, o que pode caracterizar uma nova linhagem originária da subespécie B.1.1.28 do coronavírus.

A nova linhagem do vírus pode ter surgido em julho deste ano, tendo sido identificada principalmente em amostras colhidas entre moradores de Cabo Frio, Niterói e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Em nota, o MICTI informa que, segundo os pesquisadores, até o momento, não há indícios de que a nova linhagem do vírus seja mais transmissível que as anteriormente identificadas, nem que a mutação interfira na efetividade das vacinas que estão em fase de testes. Ainda assim, os responsáveis consideram importante a continuidade dos estudos de vigilância genômica a fim de acompanhar a eventual dispersão da nova linhagem, bem como o possível surgimento de outras variantes do Sars-CoV-2.

“O monitoramento deve ser contínuo. De fato, o que temos de experiência em coronavírus em outras espécies, como animais domésticos, é que, ao longo do tempo, por um período mais estendido, por vezes, há mutações de vírus que conseguem suplantar os anticorpos e imunidades provenientes da vacina”, diz o pesquisador Fernando Spilki, coordenador da Rede Corona-ômica – iniciativa da chamada RedeVírus MCTI, comitê que reúne especialistas, representantes do governo federal, de universidades e de agências de fomento à ciência.

Ainda na nota, a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Rio de Janeiro destaca que, dos 180 genomas do Sars-CoV-2 cujas amostras foram sequenciadas pelo Laboratório Nacional de Computação Científica, em Petrópolis, 38 apresentaram mutações genéticas que indicam se tratar de uma nova linhagem.

foto-viralizou-como-sendo-de-vacina-vendida-em-camelo-do-rio-387810-article

Camelôs vendem vacina falsa contra Covid-19 por R$ 50 no Rio

foto-viralizou-como-sendo-de-vacina-vendida-em-camelo-do-rio-387810-article

Camelôs de Madureira, zona norte do Rio de Janeiro, estão vendendo suposta vacina contra a covid-19 por R$ 50, tem até certificado e vem com agulha para a aplicação. Basta pagar mais R$ 10 que a aplicação é feita ali mesmo.

A embalagem da vacina vendida pelos ambulantes lembra a Coronavac, imunizante que está sendo produzido pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac.

As pessoas devem ter cuidado com os produtos vendidos sem procedência. Vale lembrar que nenhuma vacina ainda foi autorizada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para comercialização no País.

 

alerta-chuva

Alerta vermelho de chuva para 59 cidades na véspera de Natal

alerta-chuva

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) emitiu um alerta vermelho de chuvas intensas e acumulado de chuva para o Estado entre a manhã desta quarta-feira (23) e desta quinta (24), véspera de Natal.

Os municípios que poderão ser atingidos são:

Afonso Cláudio
Alegre
Alfredo Chaves
Alto Rio Novo
Anchieta
Apiacá
Aracruz
Atilio Vivacqua
Baixo Guandu
Bom Jesus do Norte
Brejetuba
Cachoeiro de Itapemirim
Cariacica
Castelo
Colatina
Conceição do Castelo
Divino de São Lourenço
Domingos Martins
Dores do Rio Preto
Fundão
Governador Lindenberg
Guaçuí
Guarapari
Ibatiba
Ibiraçu
Ibitirama
Iconha
Irupi
Itaguaçu
Itapemirim
Itarana
Iúna
Jerônimo Monteiro
João Neiva
Laranja da Terra
Linhares
Marataízes
Marechal Floriano
Marilândia
Mimoso do Sul
Muniz Freire
Muqui
Pancas
Piúma
Presidente Kennedy
Rio Bananal
Rio Novo do Sul
Santa Leopoldina
Santa Maria de Jetibá
Santa Teresa
São Domingos do Norte
São José do Calçado
São Roque do Canaã
Serra
Vargem Alta
Venda Nova do Imigrante
Viana
Vila Velha
Vitória