dinheiro-real-277231

Candidatos do ES guardam R$ 32 milhões em dinheiro em espécie

Em época de falta de dinheiro no bolso dos brasileiros, candidatos a prefeito, a vice e a vereador no Espírito Santo, juntos, ostentam fortuna de R$ 32,1 milhões em espécie. Todo esse dinheiro vivo pertence a 1.354 dos mais de 12 mil concorrentes nas eleições municipais de 2020.

O maior valor que um candidato declarou ter sob os seus cuidados foi de R$ 2,18 milhões, em dinheiro. O registro é do candidato a prefeito de Venda Nova do Imigrante Dr. José Vicente (PSDB), como parte de seu patrimônio de R$ 4,28 milhões, que incluem imóveis, veículos e participações em empresas.dinheiro-real-277231

97963desemprego-no-brasil-sobe-para-138-em-julho-maior-taxa-desde-2012-3

Desemprego sobe para 13,8% em julho, maior taxa desde 2012

97963desemprego-no-brasil-sobe-para-138-em-julho-maior-taxa-desde-2012-3

A taxa de desemprego no Brasil subiu para 13,8% no trimestre encerrado em julho, atingindo 13,13 milhões de pessoas, com um fechamento de 7,2 milhões de postos de trabalho em apenas 3 meses. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Mensal (PNAD Contínua), divulgada nesta quarta-feira (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Trata-se da maior taxa de desemprego da série histórica, iniciada em 2012.

O índice corresponde a um aumento de 1,2 ponto percentual em relação ao trimestre encerrado em fevereiro (12,6%), e de 2 pontos percentuais em relação ao mesmo trimestre de 2019 (11,8%).

5327cbe0-030c-11eb-b678-6bba90f8fa23-minified

Chacina em Vitória: homens se passam por policias e tentam entrar em hospital onde sobrevivente está internado

Homens se passaram por policiais e tentaram entrar no Hospital Estadual de Urgência e Emergência, antigo São Lucas, onde está internado o sobrevivente da chacina da Ilha do Américo, em Santo Antônio, Vitória.

A informação foi passada por testemunhas, que disseram que dois homens tentaram entrar na unidade na noite de segunda-feira (28), pedindo para falar com o sobrevivente, mas eles foram barrados na entrada. A segurança pediu para eles mostrarem os documentos. Eles teriam dito que tinham esquecido.

A Polícia Civil informou que as investigações sobre a chacina estão avançadas. O motivo do crime pode ser a guerra do tráfico, apesar das vítimas não terem envolvimento com nenhuma quadrilha.5327cbe0-030c-11eb-b678-6bba90f8fa23-minified

e43aa140-ff22-11ea-ab6e-ef386210cc1c-minified

Polícia investiga venda de carne de cavalo misturada a de boi no ES

e43aa140-ff22-11ea-ab6e-ef386210cc1c-minifiedA Polícia Civil, por meio da Delegacia de Segurança Patrimonial (DSP), deflagrou na manhã dessa sexta-feira (25), a operação “Abigeatus” em combate a duas organizações criminosas que atuam no furto e abate clandestino de gado, além da venda de carne sem procedência.
A suspeita é de que os criminosos misturaram até carne de cavalo a de boi e comercializavam na Grande Vitória. A quadrilha atua no Estado há pelo menos 4 meses e foi descoberta após denúncias de produtores rurais que tiveram gado roubados.
De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança (Sesp), serão cumpridos três mandados de prisão e 16 de busca e apreensão nos municípios de Viana, Cariacica e Santa Leopoldina.

26025735_2066554910245107_5020288381033371707_o-960x540

Candidato a vereador é morto após ser atacado em live em MG

O candidato a vereador em Patrocínio, no Alto Paranaíba, em Minas Gerais, Cássio Remis (PSDB), foi assassinado a tiros na tarde desta quinta-feira, 24, depois de fazer uma live criticando obras que estavam sendo realizadas pela prefeitura. Remis, de 37 anos, estava em frente a uma casa em que, segundo ele, poderia começar a funcionar o comitê de campanha de seu adversário político na cidade, o prefeito Deiró Marra (PSB), ex-deputado estadual.

De acordo com a Polícia Militar em Patrocínio, o suspeito de ter cometido o crime é Jorge Marra, secretário de Obras da cidade e irmão do prefeito.26025735_2066554910245107_5020288381033371707_o-960x540

cd04cf20-0a02-0138-67cf-0a58a9feac2a-minified

Momentos de terror! Marido joga álcool na esposa e ameaça atear fogo durante briga em Serra

Durante uma briga de casal, no bairro Nova Rosa da Penha II, na Serra, um homem jogou álcool na companheira e ameaçou colocar fogo. O filho do casal, de 14 anos, teve que intervir para evitar um crime mais grave.

A cozinheira, de 33 anos, contou que a briga começou por causa de ciúmes do marido. O caminhoneiro, de 36 anos, teria xingado a mulher por diversas vezes. Após se exaltar, ele pegou uma garrafa de álcool e despejou na vítima. A mulher ficou desesperada e correu para o banheiro para tomar banho.

De acordo com o relato, o homem teria ameaçado colocar fogo. O filho do casal interviu e conseguiu deter o pai. Logo depois, os vizinhos acionaram a polícia e o homem foi preso.cd04cf20-0a02-0138-67cf-0a58a9feac2a-minified

padre-canva-site

Confira entrevista com Padre Fábio Eduardo, da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Ibatiba

Confira na íntegra a entrevista do Padre Fábio Eduardo, da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Ibatiba, no programa Show da Alegria desta quinta-feira, 24, com Adelson Ribeiro. Ele apresentou a programação da Tradicional Festa da Padroeira, que em 2020 terá restrições devido a pandemia do coronavírus.
padre-canva-siteInscreva-se no nosso canal: http://www.youtube.com/maniafmibatiba
Entre no nosso site: http://radiomaniafm.com.br/
decreto-capa4

Confira a entrevista do Coordenador da Vigilância Sanitária de Ibatiba, Marcos Paula Pereira, no programa Show da Alegria desta quinta-feira, 24, com Adelson Ribeiro e JP Andrade.

Acompanhando decisão do Governo Estadual, a Prefeitura Municipal publicou, ontem (23), um novo decreto municipal (número 111/2020) acerca do combate ao coronavírus. O documento legisla principalmente sobre exceções em relação a proibição de eventos com presença de público.

Ainda que a proibição esteja mantida, certas atividades, condicionadas ao atendimento de medidas sanitárias determinadas na portaria SESA 186-R, poderão voltar a acontecer, como, por exemplo, eventos corporativos, desportivos, técnicos científicos, entre outros.

Inscreva-se no nosso canal: http://www.youtube.com/maniafmibatiba

Close-up detail of a man shopping in a supermarket

Crise do papelão: escassez de embalagens pode afetar oferta de alimentos no ES

A falta de insumos para produção de embalagens pode causar transtornos para os consumidores brasileiros, que já sofrem com a alta de preços de produtos básicos da alimentação. Segundo o presidente da Associação Capixaba de Supermercados (Acaps), João Falqueto, a indústria de embalagens informou que há dificuldade em atender as encomendas por conta do aumento da demanda por embalagens, da alta na exportação e, também, pelo período em que as plantas industriais ficaram paradas por conta da pandemia do novo coronavírus.

“Essa é a situação que nos preocupa. A indústria está atendendo aos pedidos do mercado, mas muitas vezes fazendo cortes de 30%, 50%, 60% na quantidade de embalagens disponibilizadas. O filme, usado para embalar alimentos em bandejas, e as próprias bandejas usadas nos supermercados estão escassas. Ainda tem embalagens, mas não estamos conseguindo fazer com que elas chegue na quantidade que precisamos”, ressalta.

Segundo Falqueto, os supermercadistas já estão apelando para os estoques para que não faltem produtos nas gôndolas. “Estamos lutando para buscar alternativas para não termos mais problemas. Os estoques dos supermercados ainda estão segurando a demanda e acreditamos no esforço da indústria que produz a resina plástica”.

Sobre a falta de alimentos por conta da escassez de embalagens, Falqueto afirma que ainda é cedo para falar.  “Provavelmente teremos faltas pontuais, de uma marca ou outra. Não do produto em si”, avalia.

Close-up detail of a man shopping in a supermarket

Close-up detail of a man shopping in a supermarket

dengue-reproducao-1573407139827_v2_900x506

Casos de dengue, zika e chikungunya diminuem no Espírito Santo.

A Secretaria da Saúde (Sesa) divulga o 37°dengue-reproducao-1573407139827_v2_900x506 boletim epidemiológico da dengue, zika e chikungunya. Os casos notificados de dengue seguem em diminuição no Espírito Santo. Entre os dias 29 de dezembro de 2019 e 12 de setembro de 2020, referentes às semanas epidemiológicas 01 a 37, o Estado registrou 43.159 casos de dengue. Já no mesmo período do ano passado, foram notificados 73.573 casos.

Mesmo com a redução de notificações, é necessário que os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da doença, continuem durante todo o ano.