content_84946af3-00ac-4134-bbba-483123aead96

Após críticas, Mayra Cardi explica que não fez jejum de sete dias para emagrecer

Mayra Cardi, que foi alvo de muitas críticas após contar que fez um jejum de 7 dias, usou as redes sociais para se defender.

Após falar que a experiêcia foi mágica, “7 dias de jejum e não imaginava que iria ser tão mágico”, ela rebateu a enxurrada das críticas que recebeu.

“Eu quero sublinhar mais uma vez que meu jejum é apenas com a finalidade da saúde. Eu tenho uma equipe full time me acompanhando. Meu jejum não é e nunca foi para emagrecer, muito pelo contrário. Eu já sou magra e saudável há muitos anos. Não faria sentindo. Eu sou totalmente contra jejum para finalidade estética e tenho dois programas de emagrecimento e nenhum usa jejum” disse.

A ex de Arthur Aguiar falou que não incentivou que os seguidores fizessem o mesmo e rebateu as críticas:

“Eu não mandei ninguém fazer, pelo contrário, cada um faz o que quiser. Mas eu posso ter o direito de procurar meu profissional, estudar, ir a fundo e fazer na minha vida e dividir na minha rede social. Agora tem pessoas que postam comendo Mc Donald’s, comendo porcaria, postando foto com cigarro, cerveja e ninguém fala nada? Agora vem falar do meu jejum? Quem tem artigo cientifico comprovando várias curvas. Ah, faça meu favor. Isso é falta de um tanque para lavar”.

Na legenda do vídeo, Mayra disse que não irá deixar de falar sobre o que acredita e mais uma vez rebateu:

“Ainda sobre jejum. Eu não fiz, nem sou a favor de fazer jejum para emagrecer! Jamais faria. Agora eu quero que um ser humano me apresente um artigo científico que comprove que jejum faz mal, ou seja ao contrário que aí sim eu mudo de opinião sem problema algum pq falar até papagaio fala quero ver provar o que fala! Mais uma vez não estou incentivando ninguém a NADA! Estou apresentando pesquisas para que quem tiver interesse vá atrás estudar pois elas foram feitas para que possamos desfrutar de seus benefícios e evitar e curar várias doenças! Me recuso a negar informações que estão aí para quem quiser estudar que podem salvar vidas! Não vou me calar, continuarei falando o que acredito estudo e comprovo! Respeito a opinião diferente de cada um com maior educação, meto a boca em ninguém falando mal do que não acredito, então não vou admitir que façam isso com um assunto tão sério”.

 

Fonte: Fabíola Nishi.